Cook Chill: saiba por que esse conceito tem conquistado as cozinhas industriais

January 18, 2020

 

Técnica amplamente adotada pelos Estados Unidos e Europa, Cook Chill tem conquistado espaço nas cozinhas industriais brasileiras.

 

Esse processo consiste em cozinhar o alimento a uma certa temperatura e, posteriormente, resfriá-lo para conservação.

 

Dessa forma, mesmo após algum tempo, o produto não perde sabor, textura nem propriedades nutricionais, além de evitar os riscos de contaminação.

 

Por essa razão, restaurantes, hotéis e empresas especializadas em refeições têm buscado soluções para aumentar a produtividade de suas cozinhas, reduzir custos e aumentar a qualidade dos alimentos com o conceito Cook Chill, que significa Cozer/Resfriar.

 

A técnica demorou a ganhar popularidade no Brasil devido ao alto custo de importação de equipamentos. 

 

Em contrapartida, empresas como Engefood facilitou o acesso aos produtos que fazem parte desse conceito, como fornos combinados, resfriadores e ultracongeladores, além de oferecer treinamento para utilizá-los com mais eficiência.

 

Benefícios do Cook Chill

Com a técnica Cook Chill, o empreendimento chega a reduzir até 80% do desperdício alimentar, até 15% da mão de obra e custos operacionais.

 

Além disso, garante segurança alimentar e aumenta em até 60% a produtividade da cozinha, graças à eficiência dos equipamentos.

 

Esse processo funciona muito bem em rotisserie, lanchonete, restaurante, serviços de catering e muitas outras opções de empreendimentos gastronômicos.

 

Como funciona o Cook Chill na prática

Na prática, o Cook Chill permite o cozimento do alimento e, posteriormente, o seu resfriamento ou congelamento para conservação.

 

Esse mesmo alimento pode ser servido de dois a três dias sem alterações no sabor, textura e propriedades nutricionais.

 

Para que isso ocorra, é necessário cozinhar e imediatamente congelar, fazendo com que a temperatura seja reduzida de 80ºC a -18ºC em até 240 minutos com os multifuncionais.

Já os resfriadores convencionais têm a capacidade de resfriamento a +3ºC no núcleo do alimento em até 90 minutos.

 

Enquanto os conservadores, são projetados para receber os alimentos já na temperatura adequada, realizando a manutenção dessa temperatura pelo tempo que for necessário.

Conheça cada um desses equipamentos:

 

Multifuncionais

Esses modelos da Engefood possuem mais de 8 aplicações distintas e ainda contam com uma tecnologia exclusiva de resfriamento.

 

Com toda a sua ação inteligente, preserva todas as características do alimento, atinge temperatura de +85ºC a -40ºC e descongela de forma adequada em menos tempo.

Além disso:

  • Possui ciclos específicos para confeitaria e chocolate.

  • Regenera e conserva a temperatura que desejar.

  • Descongela de forma adequada em menos tempo.

  • Alta produtividade com baixo consumo de energia.

  • Disponível em diversos tamanhos para atender aos mais variados volumes de produção.

 

Convencionais

Os resfriadores convencionais Engefood também fazem parte do conceito Cook Chill. Eles resfriam e congelam alimentos atingindo o núcleo de +3ºC ou -18ºC.

 

Assim como os multifuncionais, garante a qualidade e o aspecto do produto.

 

Conservadores

Com uma tecnologia de ponta, esses equipamentos são desenvolvidos para manter a temperatura dos alimentos.

 

Algumas características:

  • Solução com umidade controlada, principalmente para produtos de confeitaria e chocolate.

  • Para outros produtos específicos, é importante verificar o controle de umidade.

Invista na técnica Cook Chill em sua cozinha e prepare mais em menos tempo, com o mesmo sabor, textura e as propriedades nutricionais.

 

Quer saber como funciona os equipamentos Engefood? Entre em contato com um de nossos consultores.

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque