Cozinha inteligente no hospital: segurança alimentar, eficiência e muito sabor

January 22, 2020

 

Foi o tempo em que comida de hospital era considerada sem gosto. Agora, as redes hospitalares têm olhado com mais atenção para sua alimentação investindo em cozinha inteligente, que proporciona segurança alimentar, eficiência e, principalmente, muito sabor.

 

Com esse investimento, os cardápios ganham mais ofertas gastronômicas individualizadas, permitindo que pacientes, acompanhantes e funcionários tenham acesso a variedades de alimentos saudáveis e sustentáveis. Sem contar a economia proporcionada em recursos como água, luz, gás e óleo, além da redução no desperdício de alimentos.

 

Dessa forma, a cozinha do hospital ganha produtividade, os pacientes recuperam-se mais rápido e os colaboradores trabalham mais felizes. A cozinha inteligente veio para ficar.

Abaixo você confere as principais vantagens de investir em cozinha inteligente no hospital:

 

Qualidade alimentar

A primeira vantagem que a cozinha inteligente oferece é a qualidade alimentar. 

Os fornos e resfriadores Engefood, por exemplo, possuem câmaras 100% isentas de ação microbiológica.

 

Na prática, o alimento mantém as mesmas características de produto fresco.

Além disso, a cozinha inteligente no hospital proporciona um ambiente mais limpo, sem desperdício e com uma capacidade incrível de produzir mais em menos tempo.

 

Sabor e visual

Com equipamentos de ponta, a cozinha inteligente não só garante segurança alimentar, como sabor e visual.

 

A expressão “parece comida de hospital” ficou no passado porque é possível desenvolver cardápios saborosos, variados e, sobretudo, saudáveis.

 

Por proporcionar produtividade e agilidade na criação dos pratos, a cozinha inteligente também permite que os pacientes escolham o querem comer.

 

Sendo assim, pratos como lasanha, estrogonofe, salpicão, pernil, nhoque e carne assada ao molho madeira são opções que podem ser incluídas, assim como em um restaurante.

 

Produtividade

Para atender centenas de milhares de pacientes por dia, com necessidades e características diferentes, a cozinha do hospital precisa ter produtividade.

 

Por isso, a cozinha inteligente é tão vantajosa para o ambiente hospitalar. Com seus equipamentos, ela faz mais em menos tempo, garantindo a qualidade dos produtos.

 

Além disso, a tecnologia por trás da cozinha possibilita a padronização dos processos, permitindo a mesma qualidade em várias unidades de uma mesma rede.

 

Alguns equipamentos da Engefood, como os combinados inteligentes, podem ser programados, configurando a cocção, grau de cozimento, coloração e temperatura. Dessa forma, os colaboradores ganham tempo em outras atividades da cozinha.

 

Na hora da limpeza, as lavadoras de louça da Engefood lavam mais de 100 pratos por hora, com máxima eficiência na higienização de pratos, copos, talheres e utensílios.

 

Economia e melhor aproveitamento dos alimentos

Qualquer hospital que investe em cozinha inteligente experimenta economia em recursos como água, luz, gás e óleo.

 

A redução no desperdício também é notável, uma vez que os equipamentos extraem o máximo dos alimentos. 

 

O extrator é um exemplo: proporciona maior aproveitamento das frutas, mantém todas as propriedades do suco e faz mais em menos tempo, além de ser fácil de operar e de higienizar. Enquanto o despolpador, permite incluir alimentos com cascas e caroços, deixando o produto em forma pastosa ou líquida.

 

Essas são algumas das vantagens de investir em cozinha inteligente no hospital. 

Além delas:

  • Alimentos sempre frescos, com qualidade e nutrientes preservados;

  • Equipamentos de fácil manuseio e higienização;

  • Produção alimentar em larga escala, com rapidez e eficiência;

  • Redução substancial de colaboradores e de custos contínuos operacionais.

Conheça mais sobre o trabalho da Engefood.

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Dica de filme: Gosto se discute

October 22, 2018

1/3
Please reload

Posts Recentes