Ultracongelamento: vantagens de preparar refeições prontas para delivery

May 27, 2020

 

A pandemia do coronavírus impulsionou o delivery no Brasil e no mundo. Com as portas fechadas, os restaurantes têm se adaptado para garantir receita e minimizar os prejuízos. Nesse momento em que a qualidade e a higiene são fundamentais, é importante aplicar as técnicas certas na preparação de refeições prontas para delivery.

 

Por esse motivo, o chef Fernando Reis listou vantagens e algumas dicas sobre como preparar refeições prontas para delivery usando o ultracongelamento. A técnica permite postergar a validade do alimento, preservar os nutrientes, evitar o desperdício e ainda manter o sabor original dos produtos, aumentando o nível de satisfação do consumidor final.

 

A vantagem do ultracongelamento

A técnica do ultracongelamento é utilizada por vários restaurantes e redes da indústria alimentícia para conservar sabor, aroma, textura e nutrientes dos alimentos. 

Ela é realizada por meio do ultracongelador, que mantém a temperatura dos alimentos em níveis abaixo de zero.

 

A função do equipamento é basicamente reduzir a temperatura interna dos alimentos recém-preparados, impedindo a proliferação de bactérias. Em um freezer comum, demora até 24 horas para diminuir a temperatura, o ultracongelamento ocorre em 1 hora.

 

Vantagens de preparar refeições prontas para delivery

Na live realizada no perfil da Engefood, o chef Fernando Reis utilizou alimentos reais, como arroz, feijão e grelhados para ensinar a técnica de ultracongelamento.

Neste artigo, reunimos as principais vantagens e dicas:

 

Microcristalização

Quando o produto passa pelo processo de microcristalização, não perde sabor, textura nem os nutrientes. Isso porque, diferente da macrocristalização, as moléculas de água não se expandem e não invadem as células dos alimentos. Esse processo é possível apenas por meio da técnica do ultracongelamento, que congela o alimento em até 1 hora.

 

Estoque e vantagem logística

Segundo Reis, o estabelecimento do setor alimentício que trabalha com cadeia fria, sobretudo nessa época de pandemia, ganha em produção (estoque) e vantagem logística. De um a dois dias, é possível preparar todo o cardápio do mês, por exemplo.

 

Tipos de embalagem

No ultracongelamento, o empreendedor tem uma gama de opções de embalagens - das mais tradicionais ao à vácuo. 

 

Esta última inclusive pode virar oportunidade de negócio: fornecer grandes quantidades de purê, arroz, strogonoff e qualquer outro alimento recém-preparo para outros restaurantes.

 

As embalagens à vácuo são grandes aliadas da indústria alimentícia. Elas evitam que os alimentos, principalmente os in natura, percam as suas propriedades, sabor e textura.

 

Tempo fora da geladeira

De acordo com o chef, é importante que o restaurante que atenda por delivery tenha a hot box - caixa para transporte de alimentos que preservam a temperatura por até 1 hora.

 

Outra dica dada pelo chef é programar a finalização do prato próximo a entrega. Dessa forma, evita a perda de nutrientes e até da temperatura.

 

Temperatura de consumo de frutas

Para frutas, o chef Fernando Reis explica que após o ultracongelamento elas devem ser refrigeradas em até -3Cº. 

 

Segundo ele, deixar em temperatura ambiente faz os alimentos perderem os nutrientes.

 

Assista à live completa.

 

Em resumo, foram essas as vantagens e dicas que o chef Fernando Reis deu sobre como preparar refeições prontas para delivery. Se você quer acompanhar mais dicas em lives exclusivas, siga o perfil da Engefood no Instagram e receba todas elas gratuitamente.

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque