Tecnologia promove mudanças nas padarias; entenda cada uma delas

September 18, 2020

 

Tecnologia promove mudanças nas padarias; entenda cada uma delas

Com avanço da tecnologia nas cozinhas profissionais, muitas mudanças ocorreram nas padarias brasileiras. Para reverter o crescimento modesto nos últimos anos, elas começaram a investir em opções variadas de pães, refeições completas e serviços diversos que, antes, eram inimagináveis. Essas novidades na panificação foram possíveis graças às transformações tecnológicas que elas passaram a adotar nos últimos anos.

 

Neste artigo, reunimos todas as mudanças benéficas que a tecnologia tem promovido nas padarias. Com elas, o empresário da panificação consegue assumir diferentes características dentro do mesmo empreendimento, respeitando o perfil do negócio, com aumento e qualidade de produção, eficiência, menos custos e produtividade.

 

A importância da tecnologia nas padarias

Acredita-se que os babilônios foram os primeiros a produzir pão. No entanto, o sabor não era como conhecemos hoje. Foram os egípcios que tornaram esse alimento macio e de aroma peculiar. Isso porque eles descobriram como trabalhar a levedura e como fermentar a massa. A técnica continua sendo usada nos dias atuais, no entanto ao longo tempo farinhas especiais e ingredientes nobres foram acrescentados para dar ainda mais sabor.

 

Com a tecnologia, agregou mais valor e qualidade a esses produtos que estão presentes cotidianamente na mesa dos brasileiros. Dependendo do perfil do negócio, a inclusão tecnológica entrega mais força de trabalho para uma produção média ou em grande escala. Além disso, a presença da digitalização e inteligência dos equipamentos mais modernos garantem mais agilidade e praticidade na hora da produção.

 

A chegada da tecnologia permitiu a variedade de produtos ao consumidor final. Atualmente, por exemplo, é comum padarias agregarem ao estabelecimento um setor de confeitaria, pizzaria, cafeteria e até sanduíches. Algumas possuem inclusive um espaço personalizado com ala gourmet para proporcionar uma experiência personalizada.

 

Entenda cada mudança que a tecnologia promoveu nas padarias

 

Capacidade de produção

Com a tecnologia, a capacidade de produção é bem diferente de alguns anos. Em alguns modelos de negócio, o foco está na produtividade: mais em menos tempo mantendo a qualidade de sabor e textura. 

 

Essa mudança se deve ao crescimento da população e da demanda por pão e outros alimentos. De acordo com o Sebrae, cada indivíduo consome em média mais de 22kg de pães por ano contra 17kg de 1997. 

 

Para atender o aumento, foi preciso utilizar equipamentos adequados para a produção em massa e trabalhar com variedades de produtos.

 

Em padarias e confeitarias, o forno tipo convecção, por exemplo, é o mais indicado pois possui tecnologia que oferece uniforme de cocção. Além disso, o equipamento é confeccionado em 100% aço inox, atingindo 260ºC em menos de 10 minutos.

 

Para as padarias que apostam em variedades, o forno tipo convecção com umidade permite a programação de até 30 receitas. Ele também assa pães congelados e crus, com ou sem inserção de umidade. O equipamento atinge 260ºC em menos de 10 minutos.

 

Consumo de energia

Outra mudança que a tecnologia promoveu nas padarias foi no consumo de energia. Há alguns anos o forno de alvenaria era o principal meio de produção de pães. Ao longo dos anos, foi substituído pelos elétricos. Mas não parou por aí.

 

Os equipamentos evoluíram e se digitalizaram, permitindo o operador a padronizar e estabelecer processos na produção. Dessa forma, é possível garantir o mesmo sabor, textura e crocância em todas as fornadas, com menos desperdício e consumo de energia.

 

Produtividade e mão de obra

O ganho de produtividade não poderia faltar nas mudanças que a tecnologia promoveu nas padarias. Com a inteligência dos equipamentos, é possível programar dezenas de receitas, cocção, temperatura e padronizar processos, diminuindo a necessidade de interferência humana.

 

Menos desperdício

Com a tecnologia, as padarias também ficaram mais sustentáveis, uma vez que a maioria dos equipamentos modernos proporcionam economia em gás, energia, óleo e água. Além disso, os ultracongeladores, capazes de conservar o excesso de massa, reduzem o desperdício de ingredientes e matéria-prima.

 

Apesar de todos os benefícios, a tecnologia não é uma realidade na maior parte das padarias brasileiras. Para que elas sobrevivam a longo prazo, precisam inovar com investimento em tecnologia, capaz de aumentar a produção, otimizar processos, ganhar produtividade e reduzir o desperdício.

 

A Engefood possui as soluções para o seu negócio: equipamentos modernos, suporte qualificado e experiência única no mercado. Entre em contato com um consultor.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Dica de filme: Gosto se discute

October 22, 2018

1/3
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags